Páginas

terça-feira, 1 de junho de 2010

"NOSSA FAMÍLIA NO CENTRO DO PROPÓSITO DE DEUS!!!

"Familia sacerdotal! Família Governamental! Família de Amor!”
Esse é o Propósito original de Deus para toda família! Que ela seja: EM CRISTO, O reflexo  do seu próprio Amor! "AMOR ÁGAPE!" 
(Ágape = Amor. Amor de Deus).
Ágape e o verbo agapáo, são usados extensivamente na Septuaginta com transliteração do termo em hebraico como afeição para a família. (Amor de Família-FRATERNAL- entre irmãos, FILHOS DO MESMO PAI). Como o amor que se doa, o amor incondicional, o amor que se entrega, sem segundas intenções, sem esperar nada em troca). DEUS. Portanto, somo IRMÃOS, FILHOS DO MESMO PAI.
Vemos então, que, um dos principais propósitos da família é que entenda, viva e expresse esse Amor (Ágape) ao mundo! Se entendermos, vivermos e praticarmos esse princípio (agapáo) em nossa própria casa com a nossa família, não teremos tanta dificuldade em cumprir o mandamentos que nosso PAI CELESTIAL, nos ordena nas escrituras sagaradas:

Quando perguntado qual era o maior mandamento, Jesus disse: "Amai (ágape) ao senhor vosso Deus com todo vosso coração e com toda vossa alma e com toda vossa mente”. Este é o primeiro e maior de todos os mandamentos. E o segundo é: "Amai (ágape) vosso próximo como a vós mesmos. Toda a lei e os Profetas residem nestes dois mandamentos". (Mateus 22: 37-41).
    
 Todos sonham com a família ideal; Saudável, próspera, cheia de amor fraternal, harmonia e respeito Mútuo. Todos têm esse anseio porque faz parte da nossa essência. Fomos criados por Deus para viver em família (Ágape). Não fomos criados para vivermos sós ou isolados.
            
(Sl 68:6) Deus faz o solitário habitar em família, mas o isolado (rebelde) habitará no deserto.

Vemos aqui que, ser ou, estar solitário, não é o mesmo de ser isolado. Nesse contexto, o solitário não é solitário porque quer, mas por circunstancias da vida. Já o isolado aqui nesse contexto, é aquele que decide se afastar de todos por rebeldia e egoísmo.
                  
(PV 18:1) Busca satisfazer seu próprio desejo aquele que se isola; ele se insurge contra toda sabedoria.

Esse não habitará em família, mas sim no deserto; já que rejeitou viver em comunhão com os seus.
Deserto fala de sequidão, escassez, desconforto, etc.
Assim é a vida de todo aquele que se isola; seca e árida.
Solidão e isolamento. Não é a vontade de Deus para nós. Ele nos Criou para vivermos em comunhão, para nos relacionarmos em Amor, com ele e com nossos semelhantes.
·        PRIMEIRO: Acima de tudo, para o Amarmos e sermos UM com Ele (Deus). (Mc 12:30)
·        SEGUNDO: Amar o nosso próximo (semelhante), como a nós mesmos. (Lc 10:27)
AMOR! Esse é o primeiro e grande mandamento tanto para o velho como para o novo testamento.

34 Mestre, qual é o grande mandamento na lei? 35 E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. 36 Este é o primeiro e grande mandamento. 37 E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. 38 Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. (MT 22: )

E certamente, ninguém é mais “Nosso próximo”, do que os da nossa própria família.
O exercício do Amor deve começar pela nossa casa (família).E quando falamos de AMOR, falamos em atitude, não exatamente de sentimento. Pois o verdadeiro amor não se trata de sentimento, vontade ou emoção, mas sim de decisão no espírito, de atitude consciente. Independente de sentimentos, precisamos decidir amar, pela fé. É fruto do espírito. (Gl 5:22).
É desse Amor que estamos falando. O AMOR ÁGAPE. O Amor que revela o caráter de Deus. Descrito em (I Co 13: )

4 ¶ O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. 5 Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; 6 Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; 7 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8 ¶ O amor nunca falha;...

Quando a bíblia nos diz para amar a Deus e ao nosso próximo, é com esse tipo de Amor.
Sofredor, benigno, não invejoso, não leviano, não soberbo, não indecente, não egoísta, etc...
Ou seja, tudo que o “amor carnal”, movido por desejo, sentimento e emoção não é. Por isso é falho, e não subsiste, não permanece.  
Pela falta desse AMOR ÁGAPE, que expressa o caráter de Deus, as famílias têm sido destruídas de geração a geração. Pois não há paciência, tolerância, todos se irritam facilmente um com o outro, e cada um busca o seu próprio interesse. Não há confiança, um desconfia do outro, há ciúmes e competições dentro da própria casa. E assim, vai se perdendo a fé; a esperança, e já não há força para suportar as adversidades, as dificuldades que infelizmente, toda família tem que enfrentar nessa vida depois que o pecado entrou na humanidade.
Nesse mundo que jaz no maligno (I Jo 5: 19), a iniqüidade tem aumentado cada vez mais contaminando e esfriando o amor, até mesmo no meio dos que confessam a Jesus.
Como vemos em (MT 24: 12-13)

E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.

Aquele que perseverar até o fim... NO AMOR (Caráter, essência de Deus), será salvo...
Perseverar significa: (permanecer apesar de...). E isso só é possível no Amor Ágape, que tudo sofre, tudo crê, e tudo suporta, e jamais acaba... Manifestado em Jesus Cristo que é a  Exata expressão do Amor e Glória de Deus pai. (Hb 1:3)
Esse Amor é o vinculo da perfeição:
E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição. (Cl 3:14)

Revestir significa: Recobrir de dentro para fora. Fala de aniquilar a nossa natureza  carnal e nos apropriar conscientemente da natureza divina. Pois Deus não “tem” Amor simplesmente, mas sim ele É AMOR! Por isso quando exercemos o Amor, demonstramos que realmente conhecemos a Deus e nascemos dele, que somos seus filhos.

(I Jo 4: 7-8)  Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.
            Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.

O filho legítimo certamente traz as características do seu pai, pois tem o mesmo D.N.A.

(I Jo 3: 11) Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.

Se somos filhos de Deus devemos guardar a sua palavra e manifestar o seu caráter (AMOR). Assim seremos aperfeiçoados no se Amor e permaneceremos nele e ele em nós.

(I Jo 2:5) Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele.
(I Jo 4:12) Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.
(I Jo 4: 16) E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

AMOR ÁGAPE! Amor de Deus.
AMOR FRATERNAL! Amor entre irmãos (filhos do mesmo pai). Amor em família, a família de Deus! ´
Então amados. Por isso Deus nos deu uma família. Para que pudéssemos conhecer e exercitar esse Amor, dentro (a partir) da nossa própria casa. Amando com decisão, com entendimento, com maturidade no espírito através de atitude, de obediência voluntária e muitas vezes sacrificial. Pois no exercício desse amor muitas vezes teremos que priorizar o interesse e necessidade  dos outros e não o nosso próprio. E isso é sacrifícial para nossa carne.

Ninguém busque o proveito próprio; antes cada um o que é de outrem. (I Co 10:24)   

Todos esses mandamentos devem ser praticados dentro da nossa casa (família), assim manifestaremos que realmente somos cristãos. A palavra Cristãos significa: (pequenos cristos ou semelhantes a Cristo). Por isso a Bíblia diz que aquele que negligencia as necessidades dos seus não é digno de ser chamado Cristão, pois negou a fé.

(I Tm 5:4-8) Mas, se alguma viúva tiver filhos, ou netos, aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família, e a recompensar seus pais; porque isto é bom e agradável diante de Deus.
Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.

A bíblia é clara. O Amor (piedade), deve ser exercitado assim como um atleta se exercita fisicamente para estar saudável e em forma para competir. Ou seja, de forma disciplinada e constante. Ainda que, como a bíblia diz, esse exercício corporal pouco se aproveita (porque é somente para essa vida terrena)...

Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir. (I Tm 4:8)

Isso NÃO significa, que não é para se exerciar o corpo; pois sabemos o quanto o exercício físico é importante para o organismo. O que o Senhor esta nos dizendo é que, assim como o corpo físico necessita de se exercitar para estar saudável e em forma NESSA VIDA, muito mais o nosso espírito nascido de novo precisa exercitar o AMOR (piedade). Para essa vida e para a vindoura.
Portanto, a palavra de Deus nos desafia a sermos disciplinados como um atleta no exercício (prática) do AMOR FRATERNAL. Que como vimos deve começar dentro do nosso lar. Pois Deus alem de nos salvar quer salvar também a nossa casa (família). Esse é e sempre foi o propósito de Deus. Ele já pagou o preço por isso, agora cabe a nós nos comprometermos e lutarmos pela fé em prol da salvação dos nossos familiares em AMOR!
Saiba que quando Deus te chamou ele visava tocar toda a sua família através de você. Ele te deu um CHAMADO GERACIONAL! Você tem uma grande missão e um grande ministério que começa dentro da tua casa.

E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar?  E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. (At 16: 30-31)

No Amor de Cristo que nos une: SHALOM ADONAI.

(Do livro: "Famílias Restauradas" No centro do propósito do seu Criador!).
DE: Déborah Janeth Garajau. (Ministério Profético).
Comunidade Cristã Chave de Davi.
Curitiba- Paraná- Brasil.
CONTATO: (041) 3077-7352.

Um comentário:

Nil disse...

Graça e paz!! O blog esta lindo e com um banquete de dar água na boca, louvo a Deus pela sua vida e de sua família, que tem sido exemplo vivo de família sacerdotal...estamos crescendo e sendo muitooo edificados, pois estamos cobertos por uma cobertura abençoada...AMAMOS MUITO VOCÊS!!!!!!
Nil, Paulinho, Josué e Calebe.

Ocorreu um erro neste gadget

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

VISITE NOSSO CANAL NO YOUTUBE E SEJA GRANDEMENTE EDIFICADO!

http://www.youtube.com/user/janethgarajau?feature=mhee
Loading...