Páginas

sexta-feira, 29 de julho de 2011

"O PREÇO PARA SERMOS VERDADEIRAMENTE FILHOS DE DEUS!"

"Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus"; Mateus 5:44 
"E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me". Lucas 9:23

Jesus carregou a sua cruz, simbolo de sua missão; "Manifestar o Amor do Pai aos perdidos". A morte de Cristo na Cruz é a prova do Amor de Deus para conosco.

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores". Romanos 5:8

Agora, ele dá a nós também a missão de manifestar o Amor de Deus ao próximo, seja ele "merecedor" aos nossos ólhos, ou não.  Essa é a nossa cruz (missão diária), que temos que carregar TODOS os dias.
Por amor a nós Jesus morreu na cruz, e agóra ele nos manda fazer o mesmo uns pelos outros. AMAR COM AMOR SACRIFICIAL!

"O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei". João 15:12

"...assim como eu vos amei...". Ou seja, se sacrificando, independente do merecimento do próximo. Foi assim que ele nos amou. Com amor sacrificial! Não porque eramos santos e merecedores, pelo contrário:

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores". Romanos 5:8

Deus sabe que para praticarmos esse AMOR, teremos que morrer para nós mesmos (nosso ego). Por isso nos manda carregar a nossa cruz, todos os dias; pois todos os dias, para manifestar o amor de Deus, teremos que crussificar a nossa natureza carnal. Pois o homem natural não entende e não consegue exercer esse amor (sacrificial), pois para ele é loucura.

"Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus". 1 Coríntios 1:18

"...para nós, que somos salvos, é o poder de Deus". Que poder é esse? Poder de, atravéz da cruz de Cristo, dar solução não só aos nossos pecados mas também ao corpo do pecado (nossa natureza carnal). Na cruz, ele não só perdoou os nossos pecados mas também aniquilou a nossa natureza pecaminosa contaminada pela iniquidade, quebrando assim o poder e domínio do pecado sobre nós.

"Porque o pecado não terá domínio sobre vós, ..." Romanos 6: 14 a.

O Evangélho de Cristo não fala apenas de SUBSTITUIÇÃO (o fato de que ELE morreu por mim), mas fala também de: INCLUSÃO (a necessidade de que eu preciso morrer COM ELE). Deus sabe que, se tão somente perdoasse os nossos pecados e não desse jeito na nossa natureza pecaminosa matando-a na cruz com Cristo, tornaríamos a pecar e novamente entraríamos em condenação eterna. Pois o homem não pode salvar a si mesmo por causa da lei do pecado e da morte que habitam na natureza humana escravisando o homem ao pecado mesmo que ele não queira.

Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. Romanos 7: 18 a 24.

Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo.
Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim.
Assim, encontro esta lei que atua em mim: Quando quero fazer o bem, o mal está junto a mim.
Pois, no íntimo do meu ser tenho prazer na lei de Deus;
mas vejo outra lei atuando nos membros do meu corpo, guerreando contra a lei da minha mente, tornando-me prisioneiro da lei do pecado que atua em meus membros.
Miserável homem eu que sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte? Romanos 7: 18 a 24. (Confira mais sobre esse assunto em uma das postagens mais antigas, intitulada: "A CARNE? SÓ MATANDO MESMO!").

Então, como vemos, na carne (natureza humana), jamais poderemos cumprir os mandamentos do Senhor. A começar pelo maior deles, que é o AMOR. Pois nele (no Amor), se resume todos os mandamentos.

Um deles, perito na lei, o pôs à prova com esta pergunta:
" Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? "
Respondeu Jesus: " ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’.
Este é o primeiro e maior mandamento.
E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.
Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas. Mt 22: 35 a 40. Gl 5:14

Amar a Deus, não consiste em palavras, mas sim em atitude. Não basta DIZER que ama a Deus, é preciso demonstrar esse amor por meio da obediência aos seus mandamentos.

"Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos". João 14:15

Vemos então que, AMOR está totalmente ligado a ABEDIÊNCIA! Sendo assim:
AMAR É, = A OBEDECER!
Essa era a grande lição que Deus estava ensinando à Adão e Eva no Edem, quando ordenou que, de toda árvore do jardim poderiam comer, menos da árvore do conhecimento do bem e do mal. Gn 2:17.
Tudo que eles tinham que fazer era OBEDECER, assim estariam AMANDO a Deus e continuariam governando sobre a criação. Esse era o pré-requisito para se viver eternamente, e continuar fluindo em autoridade na terra para sempre. Amar (obedecer, se sujeitar), a Deus O criador de todas as coisas, e dominar sobre as criaturas. Mas o homem fez o contrário. Desobedeceu ao criador e sujeitou-se a criatura (a serpente). (Gn 1:28). Por isso perdeu a vida eterna, o domínio sobre si mesmo e sobre a criação.
DNA puro, sem pecado), nos resgatou da condenação, do pecado e da morte. Com seu sacrificio vicário nos justificou (justificar significa: tornar igual ao estado de antes de...), restaurando-nos NELE, pelo SEU Espírito em nosso espírito restaurado, a condição de governo e sacerdócio na terra. Para que pudessemos retomar o plano original. Pois Deus nunca mudou seu plano. Ele sempre quis e quer, que nós, seus filhos governemos nessa terra, debaixo da submissão a ele por Amor.
O diabo tentou atrapalhar o plano de Deus para nós, induzindo o homem ao pecado para poder dominálo.  Mas Deus nosso Pai, pelo seu Amor, não desistiu de nós. E enviou seu filho Jesus Cristo para nos agraciar e nos livrar das obras (planos), do diabo.

"Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo". 1 João 3:8

Glorias a Deus! Estamos livres!
Em Cristo, TUDO que o diabo planejou e fez contra nós, para nos afastar do Amor do Pai está DESFEITO!!! ALELUIA!!!
Por isso o apóstolo Paulo disse: "...Nada pode nos separar do Amor de Deus!..." Rm 8:29 a 39
Agora em Cristo Jesus, somos livres para amar ao nosso Deus e Criador, livres da contaminação da carne  e da alma. Ele restaura nosso espírito colocando-o novamente no comando, libertando-nos assim do pecado, dos sentimentos e emoções contaminados da nossa alma. Assim, renovados no Espírito ele nos capacita a Amar por decisão, e não por emoção, sentimento ou vontade. É preciso entender de uma vez por todas essa grande verdade. Se dependermos de vontade, sentimento e emoção para amar como Cristo ordenou, JAMAIS conseguiremos amar. Veja o que Jesus disse:

"Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus"; Mateus 5:44  "Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam". Lucas 6:28

Fala sério! Amar nosso inimigo... Bendizer aos que nos maldizem... Fazer o bem aos que nos odeiam... Orar pelos que nos maltratam, perseguem e caluniam?
Quando é que você amanheceu e disse: "... Oh! Estou SENTINDO uma VONTADE tão grande de amar meus inimigos, bendizer aos que me maldizem, fazer o bem aos que me odeiam e orar pelos que me maltratam, perseguem e caluniam! Ah! Estou sentindo tão forte essa vontade que estou até emocionado!!! Então, ja aconteceu isso com você alguma vez? rssrrsrs.
Com certeza não. E não espere que aconteça. Pois a nossa natureza terrena jamais vai SENTIR VONTADE de fazer nenhuma dessas coisas. Pelo contrário. Pois a nossa tendencia natural é de: odiar, se consideramos alguem nosso inimigo. Maldizer, quando sabemos que alguem falou mal de nós. E quando sabemos que alguem nos odeia jamais vamos desejar o seu bem, quanto mais fazer o bem para ele. Muito menos orar e abençoar aqueles que nos maltratam, perseguem e caluniam. 
Somente quem é nascido de novo, no Espírito, poderá cumprir esse mandamento. Como vimos nesse mesmo texto, esses serão FILHOS DE DEUS!
E quanto ao perdão? Você ja SENTIU VONTADE de perdoar alguma vez? Tenho certeza que não. mas tenho certeza que ja sentiu vontade esganar, se vingar, espancar... Não é verdade?
Pois é. Assim é a nossa natureza humana, e não adianta esperar nada diferente dela. Pois amar (é manifestar o carater de Deus, AMOR), bendizer quem te maldiz (exige benignidade e gozo), fazer o bem a quem te odeia (exige bondade e mansidão), orar por quem te persegue (exige longanimidade), perdoar (exige paz e domínio próprio), perdoar sete, ou setenta vezes sete num dia (exige FÉ, muita fé). E tudo isso é fruto do Espírito e não da carne. (Gl 5:22). São gerados em nós pelo próprio Espírito Santo, os quais manifestamos pela fé. E é isso que faz TODA diferença em nós! FILHOS DE DEUS!
É o que nos diferencia dos ímpios (pagãos- pecadores). Veja o que Jesus disse:

"E se fizerdes bem aos que vos fazem bem, que recompensa tereis? Também os pecadores fazem o mesmo". Lucas 6:33

Ou seja, quando fazemos o bem somente aos que são bons conosco não somos em nada diferentes dos ímpios, e ainda não temos a natureza de Deus gerada em nós. Pois fazer o bem para todos, incondicionalmente faz parte do caráter de Deus, nosso Pai.

"Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos". Mateus 5:45

E é uma ordenança, para todos que são nascidos de Deus e chamados para manifestá-lo (ser  sua imagem e semelhança), na terra.

"Não tornando mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo; sabendo que para isto fostes chamados, para que por herança (como filhos) alcanceis a bênção". 1 Pedro 3:9

Não podemos nos esquecer que Deus não nos chamou para REagir, mas SIM para AGIR em Amor. Independente da ação e/ou situação. REação- depende da ação de outra pessoa. A AÇÃO- depende do conhecimento e do entendimento que temos, de quem nós somos. "FILHOS DE DEUS!". 
Esse é o Espírito que Deus nos deu, pelo qual clamamos ABA PAI!

"E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai". Gálatas 4:6
"O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus". Romanos 8:15-16
É O ESPÍRITO DE AMOR! É o próprio Espírito de Deus em nós! 
Aquele que ainda vive no nível da REação, tornando mal por mal e fazendo o bem somente aos que lhe agradam; esse, ainda não tem identidade de filho de Deus. Ainda não sabe de que espírito é. 

"Voltando-se, porém, repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois". Lucas 9:55

Se você for ler esse texto na íntegra, verá que o contexto se trata de um momento em que os discípulos estavam indignados e fortemente propensos a Reagirem a rejeição dos samaritanos.

"E os seus discípulos, Tiago e João, vendo isto, disseram: Senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez?
Voltando-se, porém, repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois.
Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia". Lucas 9:54-55-56

Infelizmente ainda hoje muitos "discípulos" de Jesus AINDA não sabem de que espírito são!
Jesus fez uma afirmação, baseada na constatação de que seus discípulos ainda não tinham compreendido o espírito da Graça. Eles ainda estavam agindo no espírito da lei. "OLHO POR OLHO e DENTE POR DENTE!" E pela lei ninguém pode ser salvo. Essa é a maldição da lei (Gl 3:13), debaixo da qual vive todo aquele que ainda vive na dimensão da lei, devolvendo mal por mal, rejeitando o Espírito (essência), da Graça. Que é o PERDÃO.

"E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe".
"Disseram então os apóstolos ao Senhor: Acrescenta-nos a fé". Lucas 17:4-5
"Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete". Mateus 18:22 
"Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo". Efésios 4:32

É muito interessante como Deus nos desafia o tempo todo em sua palavra, a viver contrariando (mortificando), a nossa natureza terrena. Porque será?
É muito simples, e chega a ser elementar. É porque essa é a única maneira da natureza divina (Espiritual), ser estabelecida e  manifestada em nós. Mortificando as obras da carne (natureza carnal). Se dermos vasão, controle para a nossa natureza carnal, morreremos na nossa natureza espiritual.

"Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis". Romanos 8:13

E então meus amados. Esse é o preço (pré-requisito), para sermos verdadeiramente filhos de Deus.
O AMOR! Essa é a prova de que temos o seu DNA; e que realmente nascemos de novo, passando da morte (natureza carnal), para vida (natureza Espiritual).

"Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte". 1 João 3:14

"Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus".
"Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor". 1 João 4:7

"Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?" 1 João 4:20

"Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus". 1 João 3:10

"E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele". 1 João 4:16
Lembre-se sempre: AMOR, NÃO É SENTIMENTO E EMOÇÃO. É DECISÃO DE FÉ E OBEDIÊNCIA GERADOS NO ESPÍRITO DE TODO AQUELE QUE É GENUINAMENTE FILHO DE DEUS!
ENTÃO, DEPOIS DESSE ESTUDO FICA A PERGUNTA:

SERÁ QUE VOCÊ ESTÁ DISPOSTO A "PAGAR O PREÇO" PARA SER UM FILHO DE DEUS MANIFESTANDO O SEU CARÁTER NA TERRA?

Para você entender ainda melhor, medite também em: (1 Coríntios 13), e substitua a palavra AMOR, pela frase: Caráter de Deus. 

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Ósculo Santo a todos.
No Amor de Cristo que nos une: SHALOM ADONAI.
Postado por: Déborah Janeth Garajau.  (Ministério Profético).
Comunidade cristã Chave de Davi.
CONTATOS: (041) 3077-7352.








Um comentário:

Diacono Sergio Christino disse...

"Olhem para o Senhor e para a sua força; busquem sempre a sua face". - 1 Crônicas 16:11

Depois de restaurar a presença de Deus ao seu povo através da Arca da Aliança, Davi e Asafe deram ao povo este versículos como um cântico para lembrá-los perpetuamente da importância de buscar a Deus porque... nossa força vem dele... nossa graça vem da sua presença amorosa... e nossa esperança é vê-lo face a face e conhecê-lo da mesma forma que ele nos conhece. Devemos olhar para o Senhor e não procurar nosso próprio caminho ou seguir nossa própria vontade.

Ó Senhor, eu sei que o Senhor me criou especialmente quando me moldou no ventre da minha mãe. Mas eu sei que nunca poderei ter a liberdade ou criatividade na minha vida que o Senhor quer que eu tenha se primeiro não buscar o Senhor e a sua força. Por favor, abençoe-me com a segurança da sua proximidade enquanto busco o Senhor com todo meu coração e uso as minhas habilidades de maneira criativa para trazer glória ao Senhor.

Ocorreu um erro neste gadget

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

VISITE NOSSO CANAL NO YOUTUBE E SEJA GRANDEMENTE EDIFICADO!

http://www.youtube.com/user/janethgarajau?feature=mhee
Loading...